Ver perfil

A erosão da mente e da tecnologia

Impulso News
A erosão da mente e da tecnologia
Por Impulso News • Edição Nº13 • Ver na web
Toda semana, temos uma edição com conteúdos escritos e curados por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility. Nessa semana, confira este artigo do nosso CEO Sylvestre Mergulhão.

A erosão da mente e da tecnologia
Fonte: Pexels
Fonte: Pexels
Software, solos e mentes têm um ponto em comum: todos sofrem erosão.
À medida que o tempo passa, um software, assim como o solo, vai sofrendo desgaste. Se não houver um tratamento de recuperação, o solo pode ficar completamente inutilizado, e daí, não existe outra opção a não ser um descarte completo.
Aqui, na Impulso, temos casos de clientes que, durante muitos anos, não trataram seu software, e ignoraram a necessidade de migrar o código para processos, linguagens e frameworks atualizados
Tudo o que foi feito foram evoluções, consertos e gambiarras, mas sem considerar pontos que precisavam de uma intervenção maior, e sem tratar todo o débito técnico que se acumulou ao longo dos anos.
Com o passar do tempo, o legado se tornou tão obsoleto que o trabalho de recuperação deixou de ser uma opção viável.
Isso é um grande medo de muitos CEOs, CIOs e CTOs, mas é um caminho inevitável se você não atualiza sua tecnologia e trata ela como elemento vivo que deveria ser.
Não atualizar sua tecnologia hoje pode te levar ao destino cruel de ter que descartar tudo para recomeçar em algum momento.
E esse processo costuma ser muito mais duro e custoso
Nossos pensamentos e memórias também sofrem erosão.
Tudo que aprendemos passa por uma curva do esquecimento: basicamente, depois de 30 dias, se esquece em torno de 80% de algo que se ouviu e aprendeu.
Curva do Esquecimento e Retenção de Ebbinghaus / Fonte: Dica de Ouro - Jusbrasil.
Curva do Esquecimento e Retenção de Ebbinghaus / Fonte: Dica de Ouro - Jusbrasil.
Como eu faço para minimizar as perdas de coisas que me interessam? Revisando e anotando as coisas num caderno e, em alguns casos, criando cards recorrentes em meus boards de trabalho para lembrar de revisitar aquilo toda semana
Construir (ou ensinar a alguém) o conteúdo em cima do que você já aprendeu também evita que a curva caia a ponto de você esquecer quase tudo e ter que reaprender ao invés de revisar.
Reaprender costuma ser um processo mais custoso do que revisar.
Assim também acontece quando é preciso descartar todo o conhecimento acumulado dentro de um software por estar com uma tecnologia de inviável manutenção.
No final, concluí que quase tudo na vida que não é exercitado, acaba perdendo musculatura…
Livro Agilidade Emocional
Curva do Esquecimento: o que é e como superar
Agora aceitamos o fato de que a aprendizagem é um processo vitalício de nos mantermos atualizados com as mudanças. E a tarefa mais urgente é ensinar as pessoas a aprender.
Peter Drucker
Curtiu essa edição?
Impulso News

Conteúdos sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility, escritos e selecionados especialmente por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda.

Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Impulso News via Revue.
Rua da Glória, 190, Sala 1002, Rio de Janeiro, RJ