Ver perfil

Transformação digital nada real

Impulso News
Transformação digital nada real
Por Impulso News • Edição Nº10 • Ver na web
Já faz algum tempo desde a nossa última news. Estamos nesse momento iniciando essa nova temporada com algumas novidades.
A partir de agora teremos edições semanais com conteúdos escritos e curados por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda sempre sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility. Aproveite ;-)

É Transformação Digital de verdade?
Digitalizar um negócio e realizar uma transformação digital são coisas diferentes.
Uma transformação digital requer mudança de mentalidade.
É uma mudança profunda e difícil de ser detalhadamente planejada ex ante.
Um bom exemplo é o caso de um banco tradicional, que criou uma fila de atendimento em seu aplicativo. Parece brincadeira, mas infelizmente aconteceu de verdade aqui no Brasil.
As pessoas entravam no aplicativo do banco para ter acesso ao saldo, e, chegando lá, recebiam a mensagem: “você é o número 50 da fila”.
É um aplicativo, por que tinha uma fila?!
Tinha uma fila porque por algum motivo, que eu não consigo alcançar, replicaram o modelo de atendimento de uma agência física. Depois eles consertaram, ainda bem!
Foi isso que eu vi acontecer em vários casos de empresas que queriam aderir à “transformação”, mas sem entender a mudança de mentalidade profunda que isso implica.
Não existe transformação digital de baixo pra cima.
Não adianta começar uma transformação digital sem mudar a mente. E para isso, toda a diretoria / c-levels / gerência precisa comprar a ideia, pois não existe transformação digital de baixo pra cima!
Já vivi muito essa coisa de clientes enormes dizerem que queriam transformação digital, mas, na prática, quando a estratégia bateu no nível do board, ela brecava em algumas falas, do tipo: “de jeito nenhum, para isso vamos precisar mudar tudo”; ou “vamos gastar muito dinheiro”.
Transformação digital requer um mindset de longo prazo, um mindset de Jogo Infinito.
Não acontece da noite pro dia.
Se você só pensar nos resultados da empresa para o próximo trimestre, por exemplo, você não vai avançar. A transformação pode implicar, em alguns casos, em ter que dar uma série de passos “para trás” para poder avançar.
E por que é difícil de fazer?
Porque quase sempre implica em ter que desenhar todo o modelo de negócio do zero. Tem que questionar tudo de operacional que se faz hoje e trocar as peças do avião com ele voando - e ad eternum, para o resto da existência da empresa.
Resumindo, pense: você quer transformação digital de verdade, ou só quer digitalizar a sua empresa?
Passar por uma transformação digital pode ser o único caminho para a sobrevivência de um negócio a longo prazo. É uma questão de necessidade. Ou a empresa se transforma, ou ela está fadada ao fracasso.
Mesmo grandes empresas, como a Kodak, negaram essa mudança e ficaram pelo caminho.
O jogo nunca está ganho. Na verdade, ele nunca termina.
Em 1975, o engenheiro Steven Sasson, da Kodak, criou a primeira câmera digital, mas ela nunca deixou de ser um protótipo.
Exótico, né?
Melhor começar o quanto antes.
Livro O Jogo Infinito
Habilidades humanas verdadeiramente desenvolvidas
A diferença entre um guerreiro e um homem comum é que o guerreiro vê em tudo um desafio, e o homem comum vê em tudo uma bênção ou uma maldição. | Carlos Castañeda
Curtiu essa edição?
Impulso News

Conteúdos sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility, escritos e selecionados especialmente por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda.

Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Impulso News via Revue.
Rua da Glória, 190, Sala 1002, Rio de Janeiro, RJ